quinta-feira, 9 de julho de 2009


A menina mora na lua
A lua mora na menina.

Quando acorda
Vai pro espaço
Amarra um laço na cabeça
Pega uma carona com um cometa

Lá chegando vê os balões
Milhares deles
Furta cor

A menina abraça o sol
Que esfriou
Pega emprestado o perfume das estrelas
Saí cantarolando com os astros.

Enfim
Hora da partida

Veste-se de lua
Dorme nua.

2 comentários:

Vernon Bitu disse...

Como eu quero essa menina.
Eu sinto tanto orgulho!!!

Ellen disse...

é você essa menina né?

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria
Isso pra mim é viver!

Seguidores

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Vou usar uma frase do Ferreira Gullar, que me define: " A vida sopra dentro de mim pânica, como a chama de um maçarico, e pode subitamente cessar ".