quarta-feira, 31 de março de 2010

Mar e Amar


O mar de amar
Há de cantar
Em cada luar
E quando eu me desesperar
Ele virar me calar
E ao meu pranto suspirar
E no seu canto
Eu irei deitar
Sonhar
O seu amor
É ar!

3 comentários:

Lucas Tiago disse...

E o vento sopra onde quer...

eddie disse...

Se você rima mar com amar, posso rimar amor com dor?

mana disse...

mais oia que poeminha nindju! feichei os ôim, sentí cheiro de mar e viajei até maxaranguape agora!!!
belo blog mulé!
beijo

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria
Isso pra mim é viver!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Vou usar uma frase do Ferreira Gullar, que me define: " A vida sopra dentro de mim pânica, como a chama de um maçarico, e pode subitamente cessar ".