sábado, 23 de janeiro de 2010


Lá Se Foi...

O amor perdeu-se no tempo
Nos Livros
No encanto triste das poesias de Drummond

O amor foi verso preciso de Vinicius de Moraes
Foi grito de Raul Seixas
Foi dor de Mário Quintana.

Fechou as portas para mim
Para você, para todos.

O amor deu um sorriso largo
Um abraço raro
Uma gota de orvalho.

O amor dormiu em mim
E não mais acordou.


POESIA ANTIGA!!!!1

Um comentário:

Lucas disse...

Acorda que é tempo de realizar os sonhos.

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria
Isso pra mim é viver!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Vou usar uma frase do Ferreira Gullar, que me define: " A vida sopra dentro de mim pânica, como a chama de um maçarico, e pode subitamente cessar ".