quinta-feira, 29 de outubro de 2009


" Eu carrego comigo a grande agonia/ De pensar em você toda hora do dia "


No inferno do teu corpo
O meu dança
Labaredas de fogo

Enquanto do teto
Caem violetas incessantemente

Sua saliva é álcool
Vicio doentio

Uma rua escura
Sem saída

Volto pra casa a passos suados

Teu gosto, meu ópio
Eu sou o seu cálice.

4 comentários:

Gian Fabra disse...

passionalidade à flor da pele...

não há cura pra esse vício
=)

eddie disse...

só faltou dizer: "meu vício é você".

muito batido, né? =)

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

O gosto da pessoa amada é sempre o melhor alimento.
Por isso nos faz tão bem e ao mesmo tempo nos traz tantas saudades.
Lino final de semana para ti.

eddie disse...

e quem não tem?! procure por edson massao h q vc achará uma foto com tom de sépia =)

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria
Isso pra mim é viver!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Vou usar uma frase do Ferreira Gullar, que me define: " A vida sopra dentro de mim pânica, como a chama de um maçarico, e pode subitamente cessar ".