quinta-feira, 5 de novembro de 2009


Caminho

Beije-me a face
O tempo escorre pelas nossas pernas
Sinto o calor de tua alma
E o hálito gostoso das palavras
Ditas sem pressa

Apenas beije-me
Deixe-me sentir o seu
Corpo limpo
E sua alma livre
O gosto de fumaça nos seus dedos

A sua respiração ofegante
E sua mente ocupada

Pensas tanto, meu bem
Pensa até no que não convém.

Sou uma aventura em tua vida?

Não vejo saída

Nossos corpos se encontraram.

Um comentário:

eddie disse...

Quanta vontade de amar...!

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria
Isso pra mim é viver!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Vou usar uma frase do Ferreira Gullar, que me define: " A vida sopra dentro de mim pânica, como a chama de um maçarico, e pode subitamente cessar ".