quinta-feira, 25 de junho de 2009

Amanheci Cantando


Vi um passarinho verde
Na verdade ele vestia azul
Daquele azuis que sufoca os olhos
brotou anil
No meu sorriso tímido
E um tanto descompassado.

Mais decompassado ainda
Foi o beijo
Meio roubado, meio de corpo inteiro.

Quando detei a cabeça no travesseiro
Seu sorriso me convidava a sonhar.

Que sonho doce!

Um comentário:

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria

Se eu tivesse mais alma pra dar, eu daria
Isso pra mim é viver!

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Vou usar uma frase do Ferreira Gullar, que me define: " A vida sopra dentro de mim pânica, como a chama de um maçarico, e pode subitamente cessar ".